ÁREA RESTRITA - Bem Vindo {NOME_USUARIO}


NOTÍCIAS

Chapecoense vence o Flamengo e sai da zona de rebaixamento

Verdão do Oeste venceu o Flamengo por 3 a 2, no domingo (13), na Arena Condá, em Chapecó.

13/05/2018 às 20h26
Atualizada em 16/05/2018 - 16h45

A primeira vitória da Chapecoense na Série A Campeonato Brasileiro veio em cima do líder da competição, o Flamengo, e de forma heroica. Depois de sair duas vezes em vantagem e ceder o empate, Leandro Pereira fez o gol da vitória por 3 a 2 aos 45 minutos do segundo tempo.

Com o resultado o Verdão foi a seis pontos e saiu da zona de rebaixamento. Para se ter uma ideia da façanha. foi apenas a segunda vitória diante dos cariocas em 11 partidas. E a primeira tinha sido em 2014.

A equipe teve três mudanças em relação ao time que empatou com o Paraná. Leandro Pereira entrou no lugar do suspenso Wellington Paulista. O volante Elicarlos deu lugar ao atacante Guilherme e Junior Santos deu lugar a Canteros. E o argentino, que após o jogo contra o Paraná disse que sua renovação estava difícil, foi o dono do jogo na primeira etapa. Logo a quatro minutos ele cobrou falta na área, Leandro Pereira desviou de cabeça e a bola deu no travessão.

Aos 22 minutos ele achou o veloz Apodi na direita, que foi ao fundo e cruzou para trás, para Canteros chutar cruzado e fazer 1 a 0. Neste caso funcionou a lei do “ex”, já que Canteros veio para a Chapecoense por empréstimo do Flamengo. Logo depois a Chapecoense poderia ter ampliado.  Canteros tocou para Guilherme na direita, ele cruzou na área e Leandro Pereira errou o gol.

Foi uma das melhores atuação da Chapecoense na primeira etapa. Tudo bem que o Flamengo não estava com todos os titulares, pois alguns foram poupados. Mas não dá para desprezar um time com Diego e Guerrero.  O time visitante pouco chegou no ataque. Na melhor chance, num cruzamento para a área, Jonas desviou de cabeça e Jandrei estava bem colocado para fazer a defesa.

SEGUNDO TEMPO

Mas no início do segundo tempo o goleiro saiu mal em cobrança de falta e Guerrero, quase sem ângulo, cabeceou para dentro do gol, empatando a partida. Inicialmente o gol abalou o time da Chapecoense. Mas aos poucos o time se reorganizou e começou a pressionar o time visitante.

Até que Guilherme deu uma arrancada em direção ao gol e foi derrubado por Jonas, dentro da área. A arbitragem marcou pênalti que o próprio Guilherme cobrou e converteu, colocando o Verdão novamente em vantagem. Foi então que o técnico Barbieri chamou Vinícius Júnior. Ele precisou de apenas sete minutos em campo para empatar a partida, após cruzamento de Trauco.

Só que a Chapecoense não desistiu. E o gol da vitória veio aos 45 minutos do segundo tempo, com Leandro Pereira. Quando o árbitro apitou o final da partida os jogadores se abraçaram em campo, pois sabiam da importância do resultado.

Fonte: Diário Catarinense



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM