ÁREA RESTRITA - Bem Vindo {NOME_USUARIO}


NOTÍCIAS

Confira quem são os 40 deputados estaduais eleitos em SC

Entre os 40 deputados estaduais eleitos neste domingo, apenas 18 foram reeleitos e 11 que tentaram a reeleição não tiveram votos suficientes.

07/10/2018 às 22h15
Atualizada em 10/10/2018 - 16h30

A dança das cadeiras na Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc) vai alcançar mais da metade da atual legislatura no ano que vem. Entre os 40 deputados estaduais eleitos neste domingo, apenas 18 já estão na casa e terão mais quatro anos de mandato — 11 deputados estaduais que tentaram a reeleição não tiveram votos suficientes. 

Assim, as outras 22 cadeiras terão novos donos a partir de 2019. Quem sai fortalecido das urnas é o PSL. O partido de Jair Bolsonaro não conta com nenhum parlamentar na Alesc hoje, mas passará a ter seis representantes em janeiro. Entre eles, o vereador de Blumenau Ricardo Alba (PSL), eleito para Assembleia com a maior votação do Estado, 62.762 votos. 

A segunda maior votação foi de Luciane Carminatti (PT), com 61.271 votos, reeleita para mais um mandato. O terceiro da lista é o ex-deputado estadual e ex-conselheiro do TCE, Julio Garcia (PSD), com 57.772 votos. Iniciante na política, Ricardo Alba é um exemplo da onda pró-Bolsonaro nas urnas em Santa Catarina. Eleito para o primeiro mandato na Câmara de Blumenau em 2016, ele passou a integrar os quadros do PSL no Estado somente no último mês de março. 

Além de carregar a bandeira do mesmo partido, Alba atuou também como uma das principais vozes em defesa de Bolsonaro no Vale do Itajaí. O MDB, que atualmente concentra dez vagas no Legislativo, perderá um posto em 2019. Talvez o partido mais atingido pela projeção do PSL na política catarinense seja o PSD, que hoje tem nove deputados na Alesc e passará a ter cinco em 2019. O PT e o PP perderam uma cadeira cada, enquanto o PSDB perdeu dois representantes. A representatividade feminina cresce timidamente, passando de quatro para cinco deputadas no ano que vem.

Entre os nomes que tentavam a reeleição e não conseguiram um novo mandato está o atual presidente da Alesc, Silvio Dreveck (PP).

OS ELEITOS

Ricardo Alba (PSL) 62.762 votos
Luciane Carminatti (PT) 61.271 votos
Julio Garcia (PSD) 57.772 votos
Ismael (PSD) 54.165 votos
Paulinha (PDT) 51.739 votos
Cobalchini (MDB) 49.355 votos
Felipe Estevão (PSL) 47.390 votos
Sergio Motta (PRB) 45.181 votos
Coronel Mocellin (PSL) 45.086 votos
Fernando Krelling (MDB) 44.356 votos
De Nadal (MDB) 42.507 votos
Marlene Fengler (PSD) 41.684 votos
Volnei Weber (MDB) 41.353 votos
Dr. Vicente Caropreso (PSDB) 40.132 votos
Kennedy Nunes (PSD) 39.352 votos
Zé Milton (PP) 39.196 votos
Jerry do Aldo (MDB) 39.131 votos
Neodi Saretta (PT) 39.036
Jair Miotto (PSC) 38.554 votos
Laércio Schuster (PSB) 36.923 votos
Milton Hobus (PSD) 36.821 votos
Vampiro - Luiz Fernando (MDB) 36.747 votos
Marcos Vieira (PSDB) 35.423 votos
Padre Pedro (PT) 35.184 votos
Sargento Lima (PSL) 35.053 votos
Ana Caroline Campagnolo (PSL) 34.825 votos
Moacir Sopelsa (MDB) 34.722 votos
Ada Faraco de Luca  (MDB) 34.501 votos
Nazareno Martins (PSB) 34.395 votos
Titon (MDB) 34.350 votos
Bruno Souza (PSB) 32.512 votos
Jessé Lopes (PSL) 31.595 votos
João Amin  (PP) 31.396 votos
Altair Silva  (PP) 30.497 votos
Marcius Machado (PR) 30.277 votos
Berlanda (PR) 28.975 votos
Rodrigo Minotto (PDT) 26.623 votos
Mauricio Eskudlark (PR) 26.333 votos
Fabiano da Luz (PT) 18.474 votos
Ivan Naatz (PV) 14.685 votos

Fonte: Diário Catarinense



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR




VEJA TAMBÉM